terça-feira, 8 de fevereiro de 2011

Agora fica a saudade!!!

Depois de 19 dias longe dos lares, da família, dos amigos, voltamos para casa. A sensação, diferentemente do dia que fomos, é que aprendemos muito mais que ensinamos. Os valores, os princípios, as atitudes, as certezas... são colocadas em xeque quando percebemos que podemos ir muito além do que nós mesmos imaginamos. Ao estar contribuindo um pouco mais na busca de um Brasil justo e equânime e conhecer "um dos Brasis neste país denominado Brasil", paramos para refletir como somos pequenos diante da grandeza do carinho e da esperança que levamos para aquelas pessoas. Nem os problemas que presenciamos foram capazes de minimizar a grandeza do Projeto Rondon em nossas vidas... seja pela experiência da coletividade (com 20 pessoas convivendo juntas, com costumes diferentes), a falta de adaptação aos temperos cerrocoraenses ou mesmo o friozinho da serra potiguar (passamos frio, acreditem!!!). Mais do que capacitar, saímos qualificados, não por uma fala realizada, ou por uma oficina ministrada, mas pelo simples olhar atento as palavras que os sujeitos nos dirigiam, um abraço apertado e longo de uma criança, o observar das nossas atitudes por parte dos adolescentes, o tomar chimarrão dos adultos, o admirar dos idosos, o refletir ininterruptamente a cada casa visitada e a cada abordagem feita na rua.... o ouvir de uma inocente criança: "Tia, posso ir com você?"
As lágrimas que não conseguimos controlar rolam pelos nossos rostos e fica a saudade do que aprendemos e do que ainda poderemos aprender com o Projeto Rondon!!!
Profª Mariléia Goin
Cerro Corá/RN - Equipe FEMA - Conjunto A
 Bairro de Cerro Corá

 Alojamento feminino

Em direção a visita domiciliar

 
 Parceria e companherismo no alojamento

Um comentário:

  1. Para nos tb foi uma ótima exeperiência, fica a saudade, e quem sabe um dia mais um RONDON.
    Parabéns a todos.

    ResponderExcluir